Matérias sobre Direção Segura - Peças e Acessórios
border

Manutenção: cuidado para não ficar sem freio!
publicado em 10/04/2009

Num veículo, o freio é um dos mais importantes itens de segurança. Atualmente, os sistemas de freio de todas as marcas são confiáveis, mas, para total eficiência, eles dependem que o usuário faça as devidas revisões, conforme orientação do manual de proprietário.

Verifique a cada 5.000 km
Discos, pastilhas, fluídos e tambores precisam ser verificados a cada 5.000 km – mas o momento da troca depende da forma como o veículo é dirigido ou pelas condições de piso que trafega.

Ao substituir as pastilhas é preciso verificar o estado dos discos. Isto porque se uma pastilha chega ao fim, o atrito com o disco acontece metal/metal. Nestes casos, dependendo do estado e, principalmente, de sua espessura, o disco deve ser trocado – sempre o par, para não haver diferença de frenagem entre uma roda e outra.

Quanto às lonas, usadas geralmente nas rodas traseiras, suas espessuras devem ser verificadas simultaneamente às pastilhas. No caso de troca, substitua também o kit de reparo. Quanto aos tambores, a maioria das montadoras recomenda a retífica dos mesmos a cada troca de lonas.

Fluído de freio
Toda a tecnologia aplicada em servo-freio, material de atrito das pastilhas, discos, tambores, lonas e outros itens, de nada adiantará sem o fluído de freio. A substituição das pastilhas e lonas deve ser acompanhada da troca do fluído, sempre seguindo as especificações das montadoras. O líquido antigo não deve e não pode ser reaproveitado.

Mesmo que o sistema não apresente desgaste, o fluído de freio deve ser verificado anualmente ou a cada 10.000 km. É que, com o tempo, ele absorve a umidade do meio ambiente, perdendo sua eficiência e causando corrosão em vários componentes. Importante: no momento da substituição, é essencial a utilização de um fluído que atenda as especificações indicadas pelas montadoras.

Checklist do Freio:

1 - Verifique o nível de fluido de freio a cada 30 dias.
2 - Troque o fluido de freios a cada 10.000 km ou 12 meses.
3 - O sistema de freio deve ser inspecionado a cada 5.000 km.
4 - Não sobrecarregar o veículo acima de sua capacidade especificada pelo fabricante.
5 - Não alterar as configurações do freio, como substituir um componente por outro com características diferentes, como por exemplo o diâmetro.
6 - Não alterar as características do veículo, como por exemplo a suspensão e rodas.
7 - A manutenção no sistema de freio deve ser realizada por mecânicos credenciados para executarem serviços em freios.
8 - O cuidado na manutenção do sistema de freio é essencial, pois muitas vidas dependem disto.

fonte: AC Delco e Bosch
 


Matérias Relacionadas:


Manutenção preventiva – Seu carro indo mais longe
Tarcisio Dias, engenheiro mecânico e membro da ABIAUTO dá dicas sobre manutenção preventiva para o seu carro estar sempre bem cuidado. Confira.

De onde vêm certos barulhos irritantes do carro?
Muitas vezes eles aparecem do nada e o motorista não consegue identificá-los e nem explicar aos mecânicos convencionais como é o barulho que ouvem e de onde eles vêm.

O ar que respira no interior de seu carro pode estar contaminado!
Mesmo utilizando o ar condicionado esporadicamente, o interior de seu carro tende a acumular partículas que podem trazer danos a sua respiração.

Aprenda a cuidar da pintura de seu carro
Assim como as mulheres precisam de cosméticos para retardar o envelhecimento e prolongar a beleza, a pintura do veículo também precisa de alguns cuidados para combater a ação do tempo e de outros fatores devastadores.

Risco e pequenos danos na lataria ganham solução rápida
A AkzoNobel, maior fabricante de tintas e vernizes do mundo e a Chevrolet trazem para o Brasil um novo produto que elimina pequenos riscos ou danos na lataria do carro.

Está na hora de comprar pneus novos?
O desgaste máximo do pneu (limite de segurança) é de 1.6 mm de profundidade dos sulcos. Abaixo dessa medida, o pneu já passa a ser considerado "careca".

Cuidados ao comprar um carro usado com câmbio automático!
No mercado de usados é possível encontrar muitos carros com câmbio automático preço de "carro popular", mas é preciso tomar alguns cuidados para não levar pra casa um carro problemático.



MotorClube
no Google+

Faça seu comentário ou opinião:





  • adriane

    Opinião do dia 14/12/2010 02:31:00 - tenho problemas com feio abs bmw fica ligando luz freio

  • Osvaldo B. Fonseca

    Opinião do dia 28/10/2010 01:48:00 - nÃO ADIANTA FAZER MANUTENÇÃO PREVENTIVA, NOS VEICULOS DA HYUNDAI. A PROPAGANDA ENGANOSA DE GARANTIA NÃO NOS DA COBERTURA. VC. VAI A CONCESSIONARIA ANTES DE EXPIRAR O PRAZO QUE É DE 20.000 KM. ELES INFORMAM UQE É MAL USO. O NEGOCIO É O SEGUINTE COMPRAR HYUNDAI, COM HELICE E ASA, PARA NÃO PASSAR EM POÇA DÁGUA OU NÃO MOLHAR O DISCO DE FREIO. HAHAHAHAHAHAH

  • Anderson (Bão)

    Opinião do dia 21/12/2009 11:10:00 - Gostei muito das dicas preventivas do site, provavelmente em Janeiro de 2010, vou completar 5.000 km e pretendo fazer as devidas revisões preventivas, principalmente dos freios ! Valeu pelas dicas do site !

  • washington

    Opinião do dia 1/5/2009 01:45:00 - Olha, adorei este informativo, sobre manuntenção devida em veículo automotor, principalmente os cuidados no sistema de freio.

  • mário ricardo

    Opinião do dia 23/4/2009 11:13:00 - Estou surpreso com a recomendação de inspeção no sistema de freio a cada 5000km. O fabricante determina a 1ª revisão aos 10000!