Matérias sobre Direção Segura - Na Estrada
border
Cuidado com a derrapagem do veículo

O que fazer quando o pneu estoura ou derrapa em movimento?
publicado em 04/09/2009

Qualquer um pode se assustar e perder o controle do carro ao perceber que o pneu estourou ou quando o veículo derrapa repentinamente. O que fazer nestas situações?

1 - Derrapagens
Veículos com tração dianteira costumam derrapar com a frente para fora da curva. Ao derrapar, tire o pé do acelerador e jamais pise no freio.

Para controlar a derrapagem, gire o volante para dentro da curva. Saindo da curva, acelere progressivamente.

Automóveis com tração traseira costumam derrapar com a parte traseira para fora da curva. Tire o pé do acelerador e, sem frear, gire o volante para o lado contrário ao da curva até a frente do veículo começar a virar para dentro da curvar. Em seguida, acelere progressivamente.

2 - Estouro de pneu
A tecnologia moderna de projetos e fabricação dos pneus tornou o estouro do pneu algo muito raro. Mesmo assim, é imprescindível fazer uma boa manutenção dos pneus: examine-os em busca de bolhas ou rachaduras (geralmente causadas pelo impacto em buracos ou guias das calçadas).

O que fazer se isso acontecer?
1. Não freie bruscamente.
2. Mantenha o veículo em linha reta (ele tenderá a virar para o lado do pneu afetado) e reduza a velocidade.
3. Quando tiver certeza de que tem domínio do veículo, sinalize para os outros motoristas e saia com cuidado para o acostamento.

Tem dicas ou já passou por isso? Comente abaixo e ajude outros motoristas.

Fonte: DPaschoal, texto adaptado por Equipe MotorClube

 


Matérias Relacionadas:


Ferramenta inteligente mostra pneu certo para seu veículo
Se você precisa comprar pneus novos, uma ferramenta disponível na internet pode te ajudar.

Pneus calibrados reduzem o consumo de combustível!
Rodar com os pneus calibrados corretamente propicia ao motorista economia de combustível e redução de poluentes emitidos pelo veículo no meio ambiente.

Novo pneu Yokohama se dá bem em pistas secas ou molhadas!
O novo Pneu ADVAN AD08 da Yokohama surpreende pela aderência e rendimento tanto em pistas quanto nas ruas comuns, sejam molhadas ou secas.

Está na hora de comprar pneus novos?
O desgaste máximo do pneu (limite de segurança) é de 1.6 mm de profundidade dos sulcos. Abaixo dessa medida, o pneu já passa a ser considerado "careca".

Quem comprar 2 pneus Firestone vai concorrer a 5 Puntos!
Além de um Punto zero quilômetro, o consumidor também vai ganhar 1 ano de revisão, alinhamento, balanceamento e próxima troca de pneus grátis.

Parceria da Chevrolet facilita compra de pneu novo!
Os clientes da Chevrolet ganham descontos e serviços exclusivos na hora de adquirir pneus da Continental na rede de concessionárias.

Seguradoras oferecem novos serviços para conquistar motoristas!
Seguradoras estão oferecendo novos serviços como troca de pneu furado, assistência mecânica 24 horas, chaveiro e até encanador e eletricista.



MotorClube
no Google+

Faça seu comentário ou opinião:





  • Netinhodantas

    Opinião do dia 27/3/2012 05:50:00 - Uma vez, voltando pra casa, à noite, numa rodovia movimentada, estava a 70km/h, com mais 3 pessoa a bordo e subitamente o pneu do eixo anterior do lado do passageiro estourou. Como na hora não tinha certeza do que havia acontecido, apenas reduzi a velocidade do carro e ao avistar um posto, uns 200m à frente do ocorrido, sinalizei e entrei. Dei muita sorte, pois não conhecia essas dicas.

  • Respostaaquestaoimbecil

    Opinião do dia 26/3/2012 01:42:00 - haha ...   isso é certo...   Ou humana, ou mecanica..  Existe outra além dessas !!!!!

  • Tony Cesar

    Opinião do dia 3/4/2011 03:53:00 - Moro em Osasco e voltando do município de Mauá pelo Rodoanel a 100 km por hr o pneu dianteiro do lado esquerdo do meu carro, um Gol G5 2010 com apenas 15.000 km rodados estourou, Graças a Deus não aconteceu nada de grave, consegui controlar o carro, sinalizar e ir até o aconstamento, não sei dizer o que provocou o estrago no pneu, mas o susto foi grande e no momento só pensei nos motoristas que vinham atrás. Uma coisa urgente no Rodoanel é bem necessária: ILUMINAÇÃO, pois depois que ocorreu o fato a maior dificuldade é trocar o pneu no escuro. Abraços

  • Marlei

    Opinião do dia 3/2/2011 07:27:00 - Ontem dia 2/2/2011 estavamos numa velocidade de 90 em um palio 2002 pneus novos( foram trocados a 2 meses) em uma subida o pneu esquerdo simplesmente muchou (achamos que tinha estourado mas o motorista do guincho disse que murchou pois encheu o pneu e ele continua cheio) o carro nao parava atravessou a pista por 3 vezes subiu em um barranco girou e capotou Graças a Deus sofremos apenas alguns arranhões estavamos em 5 dentro do carro incluindo uma criança de 1 ano e 8 meses. Todos com cinto. A loja que me vendeu os pneus tem alguma responsablidade? Obrigada

  • leo

    Opinião do dia 18/12/2010 09:46:00 - Amigos, hoje, dia 18/12/2010, posso dizer que Deus salvou a minha vida e de minha familia. O pneu traseiro de meu chevete estorou e rodei duas vezes em plena linha vermelha, parando em sendido contrario. Era meio dia, foi na pista em direcao ao centro, entrada de Duque de Caxias. Por um milagre de Cristo nao capotei. O carro, apesar de ser antigo e bem cuidado, os pneus sao novos e estavam calibrados com 28 libras, estava em veocidade permetida, 90 km/h. Foi um grande susto. Nao pissei no freio, controlei o carro virando o volante no sentido em que a traseira derapava, mas mesmo assim o carrou girou e parou no sentido contrario.

  • joão hetieres bergamo

    Opinião do dia 7/4/2010 06:31:00 - aconteceu comigo algo bem parecido com o rick, nesse fim de semana de pascoa, eu estava com minha familia em um galaxie 500, ultrapassei um caminhão a uns 160 km/h quando voltei pra minha faixa soltou o resolado do pneu(eu naum sabia q o pneu era resolado), o carro começou a trepidar e eu não sabia o que fazer, axei que era alguma coisa com o motor, pisei no freio o carro perdeu totalmente o controle e foi com tudo para o outro lado da pista, tinha uma valeta gigante para escorrer a agua destruiu a lataria do carro, acredito que so não capotou por causa do peso e tamanho do carro, fiquei com um corte de uns 8 cm na cabeça, minha mãe quebrou 2 costelas, o namorado dela trincou a bacia e não esta podendo andar, e meu galaxie q era inteiro da ate do de ver!!!!!

  • Rick

    Opinião do dia 1/3/2010 07:54:00 - teve uma vez que eu estava indo pra aracaju, estava muito apresado, então num Siena, coloquei 180 Km/h, quase duzentos, quando de uma hora pra outra estoura o pnel trazeiro, estava eu mais meu primo tiago no carro, aquele dia foi inesquecivel, no momento não deu pra pensar muito, eu apenas usei a calma e segurei o volante de forma que o carro não perdece o controle, mesmo com o pnel furado o carro demorou pra parar, pois não quis em nenhum momento pisar o pé no freio, mais logo em seguida quando já estava numa velocidade segura, decedi então pisar devagar no freio...bom, sorte foi, mais até mesmo com os profissionais isso pode acontecer, e nas maioria das vezes, nessa velocidade, ném sempre se escapa, pois se fosse numa curva, certamente eu não iria fazer a curva, e seguiria talvez até em linha reta, onde o que estive pela frete seria minha sorte ou azar ! rsrsr

  • jonatan nunes teixeira

    Opinião do dia 16/12/2009 11:41:00 - Gostaria de saber como proceder quando há estouro de pneu (traseiro) em motocicleta. Aconteceu isso comigo hoje pela manhã e por pouco não sofri um acidente grave. Por sorte nada aconteceu e já troquei o fulano, mas o susto foi grand ee gostaria de orientações para que não torne a acontecer, e caso aconteça, como proceder.

  • walter

    Opinião do dia 13/9/2009 02:05:00 - Josias Guedes, Eu sou motorista de coletivo, e durante todos esses anos de estrada, já vi, vivi, tantas coisas loucas, que se cometem pelas estradas afora. Imprudencia, essa é a palavra chave, no seu caso, chuva forte é claro que a derrapagem devido a aguaplanagem estaria evidente, sempre, em chuvas iniciais com pista cheia de areia, óleo, e detritos de borracha de pneus, torna a estrada perigosissima. HA somente uma maneira de se evitar tudo isso, REDUZIR A VELOCIDADE. Eu penso que todo motorista deveria dirigir um onibus, para sentir, o que é uma derrapagem.

  • Coscovo santi

    Opinião do dia 10/9/2009 05:19:00 - a verdade e que, so sei que nada sei!taaaa!Se vcs me perguntarem de carnes e nao carros nos viltamos a conversar.

  • MAURILIO NATAL ESTEVÃO

    Opinião do dia 9/9/2009 05:10:00 - NO MEU PONTO DE VISTA ACIDENTES AUTOMOBILISTICO SÓ ACONTEÇE EM DUAS SITUAÇÕES: OU É FALHA MECÂNICA OU FALHA HUMANA E MAIS NADA OK . EU JÁ VIVI OS DOIS E SOU FRANCO EM AFIRMA É SÓ ESSAS DUAS SITUAÇÕES E MAIS NADA .

  • josias guedes

    Opinião do dia 9/9/2009 02:21:00 - olha sobre a derrapagem aconteceu comigo, eu vinha com meu chevelho(chevette) entrando numa curva acentuada a direita onde chovia muito e a pista era perfeita sem buracos ou asfalto ruim quando meu carro derrapous instantaneamente sem motivos aparentes indo no sentido da direita e fazendo uma derrapagem de 90 graus me levando imediatamente a bater num poste a minha frente, a unica coisa que passou pela minha cabeça foi virar o volante do carro no sentido contrario da curva fazendo o mesmo estabilizar e assim a traseira do carro parou bem proximo de bater num poste desligando completamente a parte eletrica do carro e so nao causou um acidente mas grave porque o carro que vinha a traz de mim (uns 200 metros) sinalizou o acidente com o pisca alerta e mesmo assim um santana que vinha a toda por pouco nao bateu na lateral do meu carro. foi um susto e tanto,meu ficou atravessado na via,era umas 21:30 de um a sexta feira de chuva intensa.ufa...

  • Ramon

    Opinião do dia 8/9/2009 09:14:00 - Acho que não há como buscar a culpa de alguém com base apenas na versão do nosso amigo Cláudio, considerando que não temos em mãos um laudo técnico, uma foto do local do acidente etc. Contudo, quero parabenizá-lo pela atitude honrada de preservar a integridade física dos pedestres. Afinal, o choque entre os carros foi o ´mal menor´ dentre os possíveis!

  • LUCAS FERRICHE GESING

    Opinião do dia 6/2/2008 02:49:00 - NAO ENTENDI UMA COISA: VC DISSE "um carro que estava parado no sinal para entrar na mesma via". SINAL ?? SEMAFORO ?? SERA QUE NAO FECHOU O SEMAFORO PRA VC E ABRIU PRA ELE ANDAR ?? SERA QUE NA AVENIDA PRINCIPAL NAO TINHA FAIXA CONTINUA IMPEDINDO A ULTRAPASSAGEM ?? OBVIO QUE O CARA FOI MUITO CEGO DE NAO VER VC VINDO, E ENTRAR NA SUA FRENTE. MAS TAMBEM TEM MUITOS "DETALHES OCULTOS" NESSA HISTORIA NEH ?? SOH VENDO PRA SABER A REAL. ABS

  • Marcus Vinícius

    Opinião do dia 10/1/2008 02:25:00 - Como o amigo Alessandre disse, vc só vacilou em buzinar... Suponhamos outra coisa, ele de vidro fechado com ar ligado e sem prestar muita atenção: Uma piscada de farol iria chamar mais atenção do q a buzina. Mas, estou curioso pra saber o desfecho da história... Ele pagou o seu conserto? Estragou muito seu carro? Abraços e boa sorte! @Materia: Belas dicas!!

  • Anonymous

    Opinião do dia 24/12/2007 12:26:00 - Claudio, a informação do Edu está corretissima, mas uma coisa mesmo que ouvesse a sinalização a obrigação dele seria a de aguardar a sua passagem, pois ele cruzaria a sua frente, e diz a regra de circulação que devemos esperar, pois a preferência é sua nesses casos, sei disso pq passo o dia dentro de um carro falando isso para novos motristas. Só em uma coisa vc pecou, ao invés de avisá-lo com buzina, vc devia ter usado luz, pois buzina hj em dia não é muito garantido, suponha que o carro na usa frente tivesse um som daqueles tipo " trio-elétrico" e tivesse se exibindo para os outros condutores, ele com certeza não ouviria sua buzina nem que ele quisesse. Abraço e espero que tenha sido util a informação.

  • Anonymous

    Opinião do dia 21/12/2007 11:02:00 - Cláudio Se não houvesse nenhuma sinalização pra vc parar (sinal de pare, semáforo fechado, rotatória) ele estava errado, pois deveria entrar na via somente quando possível sem interferir no fluxo de veículos da via.

  • claudio soares ribeiro

    Opinião do dia 21/12/2007 04:38:00 - Cara, queria saber a o que vcs acham, eu tava numa avenida principal da minha cidade, nela e permitido ate 80Km, eu estava um pouco abaixo, uns 60 ou 70 km, tava fazendo a ultrapassagem num outro carro, quando me amparelho com o mesmo, um carro que estava parado no sinal para entrar na mesma via, parece que eu tava sentindo que ele ia entrar na minha frente, dei sinal sonoro, para que ele observasse que eu estava na via e que nao daria para ele entrar, ele vai e se joga na minha frente. Agora vem a minha duvida. a unica coisa que eu fiz foi frear, para onde eu jogasse o carro eu alguem poderia se machucar, de um lado calçada, de outro o carro que eu estava tentando ultrapassar, quando eu vi ele eu pisei no freio pra reduzir a minha velocidade, e buzinei, quando ele entrou eu enfiei o pe no freio e derrapei ate encostar no carro dele. aonde ficou carimbado de preto por causa do meu para-choque, gostaria de saber quem ta mais errado nessa historia se puderem me ajudar.